Pirataria no Abrupto?!

Já lhe ouvi chamar muita coisa, mas chamar pirataria a um aparente ‘DNS cache poisoning‘ é demais!

Eu percebo que um ex-deputado, historiador, professor universitário e comentador político não tenha que conhecer o termo técnico, mas chamar-lhe pirataria é um pouco enganador… por momentos pensei que o Pacheco Pereira estava a vender DVDs ilegais do último filme com o Johnny Depp – ‘Piratas das Caraíbas – O cofre do homem morto‘.

Mais detalhes no Abrupto e num artigo da Exame Informática .

0 thoughts on “Pirataria no Abrupto?!”

  1. Não diria que é enganador/errado chamar-lhe “pirataria”; acho que o abuso de ‘artistic license’ está em dizer que se trata de “pirataria no Abrupto“… 😉

    Ah, e se é perdoável que “um ex-deputado, historiador, professor universitário e comentador político” não pesque do assunto e, como consequência disso, diga barbaridades informáticas, o mesmo não se pode dizer da desinformação que é a Exame Informática fazer notícia dessa forma, acrescentando mesmo:

    Durante o dia de ontem, o espaço assinado por Pacheco Pereira na blogosfera sofreu várias acções de defacing (alterações na aparência da página) sempre que o autor colocava um novo post on-line.

    quando:
    1. a palavra ‘defacing’ nunca foi utilizada por Pacheco Pereira;
    2. o próprio Pacheco Pereira já tinha, à data da notícia, publicado um texto onde é abordada a temática dos ataques a DNS.

    Se queriam usar uma ‘buzzword’, ao menos falassem de ‘spoofing’, é um bocad(inh)o mais adequado. 😉

  2. Barbaridades é o pão nosso de cada dia na imprensa informática em Portugal. Eu pergunto-me se essas revistas terão por lá alguma alminha que realmente perceba do assunto (por oposição a perceber de massajamento de press-releases).

  3. Não está certo que foi por Cache Poisoning. Se alguém que viu o site “modificado” tivesse o minimo conhecimento para fazer um nslookup, já se sabia.

    Mas existe a hipotese do blogger ter algum bug. Lembram-se do blog oficial do Google ter sido tomado por um estudante qualquer? O Google deu como explicação oficial que tinham apagado o blog sem querer, secalhar não foi bem isso.

    Minha teoria sem qualquer fundamentos: Existe ali um periodo em que o servidor permite o registo de um blog já existente, e isto só pode acontecer devido a problemas com as BD’s. (locks?, sincronização?)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *