Intermediate SysAdmin Solaris 9 – dia 0

Cheguei ontem à noite ao hotel onde vou ficar durante a formação desta semana, depois do check-in e arrumadas as malas começei a sacar a organizar toda a tralha que trouxe – são para ai uns 5kg de tralha tecnológica! Ora vejamos: 1 portátil, 1 rato, 1 carregador para o portátil, 1 GPS bluetooth, 1 carregador para o GPS, 3 cabos USB (?!), uma pen USB de 128Mb , 1 leitor de cartões de memória USB, 1 dongle USB bluetooth, 1 auscultadores com microfone para ligar ao portátil (na esperança de o hotel ter banda larga e telefonar de borla para casa usando o VoipBuster), 1 cabo de rede, 1 cabo telefónico normal, 1 máquina fotográfica digital, 1 carregador da máquina digital, 2 telemóveis, 2 carregadores de telemóvel (1 para o Nokia e outro para o Ericsson), 1 auricular bluetooth, 1 auricular com 2 headphones e 1 bolsa com Cds/DVDs. [‘Mental Note’: para a próxima tenho que trazer muito menos coisas]

Depois de arrumada a tralha fui investigar o acesso à Internet que no balcão da recepção era anunciado através de um panfeleto da Swisscom/Eurospot. Infelizmente o acesso é pago, e que grande roube que é! Estamos a falar em valores como 5 € por 30 minutos, 10 € por 2 horas ou 17 € até às 14h do dia seguinte! Acho que num hotel de 4 **** o acesso à Net deveria ser uma “commoditie” já incluída no preço da diária, mas infelizmente muitos hotéis ainda consideram-no um luxo que deve ser pago a peso de ouro.
Lá terei que usar o dailup para o 0800 lá do trabalho para ler e enviar os e-mails e gastar uns trocos em telemóvel para falar para casa. :

De resto o hotel é simpático, mas nada de extraordinário para um 4 ****, o quarto é razoável mas as vistas não são grande coisa. Tem a grande vantagem de ter piscina interior e outra exterior, sala de máquina de manutenção e mais algumas distracções que conto usufruir até sexta-feira.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *