Fiquei-me por um Qtek S200

Eu ainda tentei dar o benefício da dúvida ao Qtek 9100, a sério que tentei, mas após quase duas semanas a testar o 9100 cheguei à conclusão que o bicharoco não se adequava às minhas necessidades e exigências.

Os principais defeitos que encontrei foram:

  • A largura. Os quase 2,5 centímetros de largura notam-se tanto num bolso das calças como num bolso do casaco, tornando-se até um pouco desconfortável transporta-lo para todo o lado;
  • Sensação de fragilidade do mecanisco do teclado. Ao abrir o teclado fiquei sempre com a sensação que mais dia menos dia havia de ter problemas com ele. Passado uns dias começei a notar um pouco de folga entre o teclado e o resto do corpo do PDA que levava com que às vezes este devia assumir que estava aberto e rodasse o conteúdo do visor para “landscape”;
  • Escrita no teclado. Apesar do teclado dar algum jeito em escrita corrida (sem acentos, em minúsculas e sem caracteres especiais) e o acesso às teclas ser rápido, as tentativas de escrever textos mais complexos (com acentos, maiúsculas e caracteres especiais) torna-se bastante penoso e lento.

Uma vez que tinha adquirido o 9100 na FNAC pude trocar o equipamento, e a minha escolha recaiu num recente Qtek s200. Trata-se de um PDA com telemóvel incorporado com as mesmas características do 9100 mas mais fino (com cerca de 1,8 cm de espessura), com uma câmara de 2.0 Mega-pixel com função macro, powered by Windows Mobile 5 e ainda com o oferta do software de navegação Ndrive.
Após 1 dia com ele as minhas primeiras impressões são bastante positivas: parece-me um PDA/telemóvel mais maneiro, mais compacto e robusto e durável. Relativamente ao SO, o do S200 parece-me mais recente do que o 9100, com um “comm manager” mais completo.
Ainda só tive oportunidade de fazer um pequeno test-drive com o software Ndrive e o meu GPS bluetooth, mas pelo menos o mapa do Porto parece-me bastante completo e a voz feminina que faz a indicação do caminho a seguir é agradável e límpida.


0 thoughts on “Fiquei-me por um Qtek S200”

  1. Eu tenho um K-Jam, da IMate desde Novembro, ou seja, um Qtek 9100 🙂 e estou relativamente contente. Senão tivesse o sistema operativo da MSFT era bestial …

  2. Pelo que já li acerca do QTEK S200 parece-me o modelo de eleição. Já vi inclusivamente uma foto com o painel frontal dos botões em cinza prateado. Alguém me poderá dizer por favor onde encontro o modelo com o painel nessa cor? Obrigado!

  3. Boas!
    estou em dúvida relativamente à aquisição do qtek s200, entre a versão em inglês e a em Português. Alguem me pode dar uma ajudita? Abraços

  4. bruno,

    É tudo uma questão de gostos.
    Eu escolhi a versão em inglês porque faz-me confusão os menus em Português, e os acentos e caracteres portugueses que usamos (ç, ã, õ, etc…) estão todos no teclado do S200.

    Também o funcionario da FNAC sugeriu-me o Ingles pela melhor compatibilidade com o restante software disponivel que é quase, quase todo em inglês.

  5. Parece-me a melhor escolha também. Acho que também vou comprar um S200. Nunca tive nenhum PDA nem Smartphone. Quanto ao processador de 200Mhz, não achas pouco? Eu vejo por aí alguns de 400Mhz e 500 e tal. Porta-se bem o S200? Obrigado =P

  6. De facto o processador não é dos mais rápidos e nota-se a falta da velocidade nos softwares de GPS, entre outros. Mas ponderados os prós e os contras e a relação preço/qualidade o S200 continua a ser IMHO uma boa escolha.

  7. Só tenho a dizer mal do Ndrive. Fiquei muito decepcionado e pensar que é um software nacional que não possui os mapas actualizados ( mesmo com a última versão disponível no site http://www.ndriveweb.com ) . Troquei o software para o TomTom e este já possuia mapas de Portugal mais actualizados!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *