Testdrive NDrive

Como relatei anteriormente, nestas férias tive por companhia assídua o NDrive como guia GPS no meu Qtek S200.
Aproveitando o uso intensivo que dei ao software aproveito agora para dar a minha opinião sobre o mesmo:

O interface é amigável qb que permite a qualquer pessoa menos entendida neste tipo de softwares em 15 minutos de aprendizagem começar a tirar partido da maioria das funcionalidades que o NDrive dispõem. Como outras vantagens enumero a voz feminina e em português que nos guia pelos trajectos definidos com mensagens são claras e concisas, sem grandes erros.

Infelizmente o detalhe dos mapas não é o melhor porque ao tentar procurar alguma rua dentro de cidades como Estremoz ou Vila Viçosa deparamo-nos somente com as estradas nacionais que passam dentro delas e mais nenhum detalhe. Se tentarmos a nossa sorte em cidades maiores como Porto, Évora ou Lisboa não temos qualquer problema.
Outra situação que me desagradou foi a impossibilidade de escolha do tipo de trajecto que gostaríamos de seguir. Noutros softwares dispomos de opções como “ir pelo caminho mais rápido”, “ir pelo caminho mais curto” ou até “ir pelo caminho mais barato”, mas no NDrive é ele que escolhe o trajecto. Tive casos de ter uma auto-estrada a 500 metros e ele mandar-me fazer os 100 km do itinerário pela estrada nacional.

À uns dias pude experimentar o Destinator 6 e reparei que os mapas eram mais detalhados e que me permitiu escolher que tipo de trajecto queria tomar (mais rápido ou mais curto).

Conclusão:
O NDrive é o mais barato software deste género (59,90 € na fnac) e poderá ser a resposta para uma solução ‘low-budget’ ou para quem não precisar de chegar ao detalhe das ruas nas pequenas cidades/vilas de Portugal ou ainda para quem não queira despender mais de 120 € na compra de outros softwares mais completos (Destinator 6 – 165.95 €, Tomtom 5 – 129,00 €).

De volta

Depois de 3 semanas de férias onde a única interacção com técnologia passou somente pelo Qtek S200, o software Ndrive e o GPS, ao acesso a alguns sites de turismo em Portugal para traçar o roteiro e a sites de agências de viagens para saber dos últimos ‘last minutes’ esta segunda-feira volto à dura realidade.

Alguns links: